q

q

Seguidores

sábado, 15 de novembro de 2008

Aranquã, o som do Pantanal


Quem amanhece no Pantanal pela primeira vez, com certeza se surpreende com o canto da Aranquã. Se é que se pode chamar de canto, talvez som ou barulho. A pessoa logo pergunta, que barulho é esse? As vezes vai embora com o som na cabeça, uma das grandes lembranças, e nem sequer avista o ave que o emite. Quando avista também se surpreende, um bicho bem exótico, do tamanho de um galo, só que com uma grande cauda, um olhar vidrado, não é toa que emite som tão diferente, e um gogó vermelho.
O som da aranquã é emitido em dueto, macho e fêmea, quando um casal começa, os outros casais da região não querem ficar atrás e também começam a cantar. Aí o som vai longe. O som pode ser transcrito como alguma coisa assim: o macho canta "quero matar" e a fêmea responde "quero casar". Tente fazer com sua companheira ou companheiro. Mas se você quiser ouvir uma gravação lá do pantanal clica aqui.

4 comentários:

Fernanda Paro disse...

Estou amando seu blog!!!!!!
Continue passando estas informações e fotos de pássaros para nós em 2009 tb!
Feliz ano novo!

Rozane Suzart Gesteira disse...

ñ consegui ouvir o canto...mas q ave interessante...parece uma galinha! linda..

Lukas disse...

moro no rio de janeiro e acabei de ver um aranquã em frente à minha janela. eu procurei no google e achei o seu site.muito interesante esse animal.de primeira pensei que era uma galinha,mas como não podem voar tive que procurar que bicho era esse.igualzinho ao da foto!

Luiz Álvaro disse...

Lukas, um aranquã no Rio é uma grande novidade. Talvez tenha fugido de algum cativeiro, pois no site wikiaves não consta nenhum registro de aranquã, nem para o Estado do Rio de Janeiro.
Visite o wikiaves, abraço.